Google Analytics 4: quais são as novas métricas? 

Novas métricas do Google Analytics 4

O Universal Analytics deixou de ser a ferramenta oficial do Google para gestão de métricas, sendo substituído pelo GA4. A essa altura, boa parte das empresas já fez a migração das plataformas, mas será que já exploraram todas as novas métricas disponíveis?

Pautado na eficiência em análises para web e aplicativos, o Google Analytics 4 trouxe algumas diferenças que vão gerar dúvidas naqueles que estão acostumados com a versão do Google Analytics 3. Por isso, neste artigo, vamos mostrar as novas métricas desta versão do GA.

Antes de começarmos, que tal dar uma olhada nesses conteúdos e saber um pouco mais sobre o Google Analytics

Google Analytics 4 e Universal Analytics: Entenda a diferença

Google Analytics 4, a grande novidade do Google Analytics

Google Universal Analytics x Google Analytics 4: Usuários

No Universal Analytics, há duas métricas do usuário: total de usuários e novos usuários. No Google Analytics 4, existem três métricas do usuário: total de usuários, usuários ativos e novos usuários.

Veja a imagem abaixo para entender melhor: 

Usuários
Fonte: suporte Google

Para melhor explicarmos, em usuários a principal métrica para o GA4 é a de usuários ativos (métrica que não existia no UA), que contabiliza o número de usuários que acessaram o site ou app e que tiveram uma sessão engajada ou quando é coletado algum evento de ação, como: 

  • Primeira visita para um site 
  • Primeira visita para um app Android 
  • Primeira visita para um app iOS

Para o Universal Analytics, a principal métrica de usuários é o total de usuários, ou seja, o número total de usuários, independente se tiveram uma sessão engajada, sendo que no Google Analytics 4 ela é representada só pela quantidade total de usuários. 

Observação importante: Embora o termo usuários pareça ser o mesmo, o cálculo dessa métrica é diferente entre o UA e o GA4, porque o UA usa o total de usuários e o GA4 usa  usuários ativos. Dependendo da frequência com que os usuários retornam ao seu site, a métrica total de usuários no UA e a métrica usuários ativos no GA4 podem ser mais ou menos semelhantes, segundo a ferramenta.

Google Universal Analytics x Google Analytics 4: Visualizações de página

A métrica de visualizações de páginas não mudou muito do UA para o GA4, as diferenças variam de acordo com os filtros configurados no Universal Analytics ou no Google Analytics 4.

Além disso, no Google Analytics 4 não existe mais a métrica de visualização de página única e a única métrica chama-se Visualizações, que representam  o número total de telas do app e/ou páginas da Web que os usuários visualizaram. A métrica Visualizações na interface de relatórios é a combinação de visualizações de páginas e de telas. 

Exibições repetidas de uma única tela ou página são consideradas, antes, no Universal Analytics ela eram descartadas. 

Google Universal Analytics x Google Analytics 4: Compras

Para quem possui e-commerces, entender essa métricas de conversão é fundamental. Identificadas como eventos purchase no Google Analytics, a métrica Compras no Universal Analytics são acionadas pelo modelo de e-commerce avançado, onde os dados são extraídos de uma matriz products pelo JavaScript fornecido pelo próprio GA e coletados em um evento purchase

No entanto, no GA4, a métrica não fornece JavaScript adicional para a coleta da matriz e espera que você disponibilize a matriz items ao coletar um evento purchase por conta própria. 

Observação importante: O parâmetro transaction_id, se não aplicado de forma adequada, pode gerar diferenças visíveis ao comparar dados. Use todos os parâmetros obrigatórios para a implementação de e-commerce do GA4 (e do UA) e registre os dados de e-commerce corretamente. 

Precisa de ajuda para a sua implementação de e-commerce do GA4? Podemos te ajudar, fale com nossos especialistas

Google Universal Analytics x Google Analytics 4: Sessões

Em ambas versões, a métrica continua sendo Sessões, no entanto, são mensuradas de maneira diferente. 

Agora, as sessões no GA4 passaram a serem derivadas de um evento (session_start) e uma sessão é iniciada automaticamente sempre que um visitante abrir o aplicativo em primeiro plano ou visualizar uma página do site (sem estar conectado a uma sessão anterior).

Agora, o Google Analytics 4 utiliza a métrica de sessões engajadas, que se relacionam aos acessos que geram ações de eventos no site.

Elas correspondem ao número de sessões com mais de 10 segundos, que geraram conversões ou tiveram duas ou mais visualizações de página/tela.

Além disso, você pode acompanhar as sessões engajadas por usuário, que apresentam o número de visitas com interações realizadas por cada visitante, essas interações são pautadas em eventos. 

Veja a imagem abaixo para entender melhor:

Sessão
Fonte: suporte Google

Google Universal Analytics x Google Analytics 4: Conversões

O Google Analytics adverte que se as suas conversões têm como base URLs de destino ou eventos do UA (isto é, categoria/ação/rótulo) onde você configurou eventos de conversão do GA4 equivalentes, as conversões podem ser bem próximas. Porém, há alguns pontos de atenção em relação à métrica. 

O Google Universal Analytics contabiliza apenas uma conversão por sessão para cada meta. Portanto, se um usuário assinar a newsletter duas vezes durante a mesma sessão, somente uma conversão será contabilizada para a meta de conversão da newsletter. 

Já o Google Analytics 4 conta todas as instâncias do evento de conversão, mesmo que ele seja registrado várias vezes durante a mesma sessão. Portanto, se um usuário assinar a newsletter duas vezes durante a mesma sessão, duas conversões serão contadas.

Google Universal Analytics x Google Analytics 4: Taxa de engajamento

Taxa de engajamento é uma nova métrica exclusiva do Google Analytics 4 que está diretamente relacionada às sessões e às sessões engajadas. A taxa mostra o valor em porcentagem do quanto de engajamento você tem por sessão. No Universal Analytics, temos a taxa de rejeição, que é basicamente o oposto da taxa de engajamento. 

Por exemplo, se alguém visita seu site, lê o conteúdo da página inicial por menos de 10 segundos e sai sem acionar eventos ou ir para outras páginas ou telas, a sessão conta como uma rejeição. 

As sessões engajadas têm duração mínima de 10 segundos, pelo menos 1 evento de conversão ou no mínimo 2 visualizações de página ou tela.

Portanto, é nítido que o Google Analytics 4 está repleto de novidades e que muito se diferencia da sua versão anterior. Por isso, é importante começar a sua migração o quanto antes! Nós somos especialistas certificados do Google Analytics e temos uma equipe completa para te ajudar com a migração dos dados do seu site, aplicativo ou e-commerce. 

Vamos marcar uma conversa? 

Acesse o botão abaixo:

Compartilhe em suas redes sociais:
Rolar para cima

Nossa Missão

Usar a inteligência de negócios, para otimização de resultados e aprimoramento da performance de todo ecossistema do cliente para alcançar um objetivo. Estabelecer métodos para mensuração de resultados ajudando as empresas na tomada de decisões fundamentadas e inteligentes para geração de negócios rentáveis. Inteligência de Negócios – Perfomance – Objetivo.